9 de out de 2011

A ESCASSEZ DE PROFESSORES



FALTAM PROFESSORES NO MUNDO
( Diário de Pernambuco 09 de Outubro de 2011 )

Neste artigo, o jornal supracitado relata um estudo da Organização das Nações Unidas (ONU ) estima que o mundo precisa de 6,1 milhões de professores a mais para atingir a meta de colocar todas as crianças na escola até 2015. Nesta linha, a redação deste jornal, registra que os Estados árabes necessitam de 243 mil docentes. Isto é, dentre outros fatores o resultado da influência religiosa nestes Estados. Haja vista o que ocorreu na península lusa ( portuguesa ) no século XIX .
Segundo o escritor Ronaldo Vainfas ( 56:2007 ), o quadro era o seguinte: De todas as nações da Europa, Portugal continuaria sendo, a mais católica, a mais conservadora e a mais avessa às ideias libertárias que produziam revoluções e transformações em outros países. Quais foram as consequencias deste conservadorismo ou adesão a fé católica neste período?

  • Só em Lisboa havia mais de 180 monastérios – praticamente todos os edifícios mais vistosos
    eram igrejas e conventos ( para uma cidade relativamente pequena com 200 000 mil habitantes).
  • A morte de D.José, herdeiro do trono , irmão mais velho do príncipe regente D.João, havia morrido de varíola, e qual a razão desta morte? Não cabia à Ciência interferir, pois a decisão entre a vida e a morte estava nas “mãos de Deus”, o príncipe morreu porque sua mãe D.Maria I, tinha proibido os médicos de lhe aplicar vacina.
  • A vida social pautava-se pelas missas, procissões e outras cerimônias religiosas.
  • Para impedir o contato entre homens e mulheres durante os serviços litúrgicos, em meados do século XVIII foram ergidas grades de madeira que dividiam o interior de todas as igrejas de Lisboa.
  • Portugal foi o último país europeu a abolir os autos da inquisição;
Retornando a pesquisa da ONU identificou que, o sul e oeste da Ásia, 292 mil professores, a Europa ocidental e a América do norte, 155 mil. Europa central e oriental, Ásia Central e Ocidental, América Latina e Caribe, juntas, contabilizam 11% da escasssez global de professores.
Analisando o piso salarial de alguns profissionais, é possível perceber o descaso atribuido à algumas profissões no Brasil, vejamos:

Para exemplificar, no Rio de Janeiro;

  • BOPE 2.260,00
  • BOMBEIRO 960,00
  • MÉDICO 1.260,00
  • PROFESSOR 1.187,00

Observe agora o salário de um deputado federal, R$ 26.700,00.
Precisamos de política pública que visem merolhar a qualidade da educação e garantir condições dignas de trabalho ao educador para evitar problemas sérios com a falta de professores”( Juçara Maria – entrevista da revista A realidade sem retoques da educação no Brasil ).
Nas minhas conversas com alguns profissionais da educação, tenho indagado: Por que o magistério deixou de ser uma profissão atraente? Obtive as respectivas respostas:

Salários baixos;
Falta de infra-estrutura;
Falta de segurança nas escolas, pois o professor tem que administrar os obstáculos internos e externos;
A terceirização da educação doméstica para unidade escolar;
Estes fatores, reflete sobre a qualidade do ensino. Precisamos valorizar mais o educador com política salarial séria, estimulando-os cada vez mais, pois todas as profissões depedem destes verdadeiros hérois e heroinas.




BIBLIOGRAFIA:



VAINFAS, Ronaldo. 1808 - Como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a história de Portugal e do Brasil: Editora Planeta do Brasil, 2007, S.P;

VAINFAS, Ronaldo.1822 – Como um homem sábio, uma princesa triste e um escocês louco por dinheiro ajudaram D. Pedro a criar o Brasil – um país que tinha tudo para dar errado.

Www.senado.gov.br : Acesso 09-10-11 às 10:55 hs.




Nenhum comentário: